Biografia

Leander Moura (a.k.a Leandro Gomes de Moura) é quadrinista, ilustrador e graduado em Artes Visuais (UFRN). Ilustrou vários livros da editora Clock Tower: O Rei de Amarelo, do autor Robert W. Chambers (2015), O Mundo Sombrio – histórias de mitos de Cthulhu, de Robert E. Howard (2016), o conto ‘’Nas Montanhas da Loucura’’ do livro O Fantástico Mundo de H. P. Lovecraft (2016), A Terra da Noite de William Hope Hodgson (2017), e Além da Imaginação e do Tempo, de Clark Asthon Smith (2020). Participou de inúmeras coletâneas, entre elas: Visualizando Citações – vols. 1 (2013), e 2 (2016), roteirizadas por Milena Azevedo (finalistas do Troféu HQMIX) e a Coletânea Potiguar de Quadrinhos (2016) - Prêmio Moacy, promovido pela Prefeitura da Cidade do Natal, no ano de 2014, Lovenomicon - um tributo a H. P. Lovecraft (Editora Jovens Escribas, 2015), Maldito Sertão (Coletivo Quadro 9 e Editora Jovens Escribas, 2016), adaptação em quadrinhos do livro do autor Márcio Benjamin. É coautor com sua esposa, a quadrinista e artista visual Cristal Moura, das HQs Horas Escuras (Editora Jovens Escribas, 2018) e Insonho (Independente, 2019), e com a qual fez a história Carpe Diem para a antologia VHS – Vídeo Horror Show, obra indicada ao III Prêmio ABERST - Associação Brasileira dos Escritores de Romance Policial, Suspense e Terror e ganhadora do 32º Troféu HQMIX, na categoria melhor publicação independente em grupo. No mesmo ano publicou de forma independente a HQ O Corvo, baseada no poema de Edgar Allan Poe, que ganhou nova edição pela Editora Diário Macabro, obra que foi indicada ao Prêmio ABERST e ao 32º Troféu HQMIX na categoria melhor adaptação em quadrinhos. Em 2020, novamente participou das antologias Universo Zero (com o coletivo Quadro 9), Sci-fi Horror contemplada no edital da Seleção Pública 041/2019, promovida pela Prefeitura do Natal, através da Secretaria de Cultura (Secult/Funcarte), e Dossiê Bizarro, (Editora Skript), e por fim, fez o álbum Os gatos de Ulthar, de H. P. Lovecraft (Editora Diário Macabro). Em 2021, as obras Horas Escuras e Maldito Sertão foram contempladas no Edital Programa de Apoio Emergencial a Projetos Editoriais e Propostas de Aquisição de Livros, destinado à Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural, a partir de chamada pública do Governo do RN, por meio da Fundação José Augusto (FJA).

Principal destaque

Horas Escuras

Programação

Fale com Leander Moura